Planeta Terra Versão 2.0

Grandes espíritos encontrarão sempre a oposição de mentes medíocres. A mente medíocre é incapaz de compreender o homem que recusa curvar-se cegamente aos preconceitos e escolhe ao invés expressar as suas opiniões corajosa e honestamente.

Albert Einstein (1879 ~ 1955)

Pub

Doações

Saldo Acumulado: 0 EUR

Só é possível continuar a fazer este trabalho graças à sua generosidade.

Se considera que a informação aqui disponibilizada tem relevância para si e pretende fazer uma doação, por favor faça uma que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

Saiba como

Últimos Artigos

Globo
Portugal
Dinheiro
Ciência e Tecnologia
Conflitos Mundiais
Big Brother
Tirania
Fenómenos
Pub

Estado tem apartamento de Luxo em Nova Iorque

ArtigoComentários (0)

O Governo português tem um apartamento vago no mítico edifício Dakota – um marco turístico de Nova Iorque, onde viveu e foi assassinado John Lennon – e que está a ser usado como hotel por funcionários da missão portuguesa junto das Nações Unidas. O imóvel valerá mais de 10 milhões de euros.

A casa serviu durante muitos anos como residência oficial do cônsul-geral de Portugal em Nova Iorque. Deixou de ser habitada em 2007, quando o Governo de José Sócrates decidiu ‘desgraduar’ o consulado-geral, instalado na Quinta Avenida, que deixou de ser chefiado por um cônsul-geral.

Desde então, o apartamento pouco uso teve. A intenção era colocá-lo à venda, mas tal não chegou a acontecer, sendo que os custos de manutenção, em condomínio e limpeza, nomeadamente, são elevados.

Nos últimos meses, passou a ser utilizado por técnicos superiores que estão a assessorar a missão de Portugal junto das Nações Unidas – que teve que ser reforçada com a recente entrada do país para o Conselho de Segurança das Nações Unidas.

«O apartamento está a ser mais aproveitado do que nunca. Sai mais barato do que pagar hotéis», explicou ao SOL fonte da embaixada portuguesa nos EUA, realçando que a casa pode ainda receber membros do Governo, em deslocação ao EUA, embora até ao momento isso não tenha acontecido.

O Dakota Building, com vista para o Central Park, está situado na zona residencial mais cara de Manhattan. Em 2007, altura em que chegou a haver protestos da comunidade portuguesa em Nova Iorque contra o anunciado fecho do consulado (que acabou por não se concretizar), o valor daquele apartamento estava estimado em cerca de 15 milhões de dólares.

Para além de Lennon, viveram naquele prédio as actrizes Lauren Bacall, Judy Garland ou o bailarino Rudolf Nureyev.

Rótulos deste artigo

Reportar Erro

Caso tenha detectado algum tipo erro por favor descreva-o.