Planeta Terra Versão 2.0

A grandeza de uma nação e seu progresso moral pode ser julgado pela forma como os seus animais são tratados.

Mahatma Gandhi (1869 ~ 1948)

Pub

Doações

Saldo Acumulado: 0 EUR

Só é possível continuar a fazer este trabalho graças à sua generosidade.

Se considera que a informação aqui disponibilizada tem relevância para si e pretende fazer uma doação, por favor faça uma que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

Saiba como

Últimos Artigos

Globo
Portugal
Dinheiro
Ciência e Tecnologia
Conflitos Mundiais
Big Brother
Tirania
Fenómenos
Pub

Despedido por insultar Obama em directo

ArtigoComentários (0)

O comentador da estação televisiva MSNBC Mark Halperin foi demitido depois de ter insultado o Presidente norte-americano Barack Obama numa emissão em directo.

Halperin chamou 'dick' a Obama, o que em Português pode ser traduzido como 'idiota' ou 'parvalhão', durante o programa noticioso matinal Morning Joe.

Antes da gafe, o analista perguntou ao moderador do programa, Joe Scarborough, se a transmissão estava a ser realizada com os agora habituais sete segundos de atraso que permitem à realização editar e eliminar comentários antes do áudio chegar aos telespectadores. O apresentador respondeu afirmativamente, o que levou Halperin a comentar com invulgar liberdade linguística o desempenho político recente de Obama: 'Acho que ele foi um parvalhão'.




Scarborough reagiu com indignação e criticou Halperin. O comentário acabou por não ser editado, aparentemente por lapso do produtor, e a afirmação está disponível na internet, tendo sido amplamente difundida pela imprensa norte-americana.

Mais tarde, a MSNBC prescindiu dos serviços de comentador de Halperin. A revista TIME, da qual o analista também é colaborador, sancionou Halperin mas decidiu não afastá-lo da publicação. O comentador admitiu que o castigo da estação televisiva é adequado e pediu desculpa pelo excesso verbal.

Reportar Erro

Caso tenha detectado algum tipo erro por favor descreva-o.