Planeta Terra Versão 2.0

A felicidade é quando o que pensas, o que dizes e o que fazes estão em harmonia.

Mahatma Gandhi (1869 ~ 1948)

Pub

Doações

Saldo Acumulado: 0 EUR

Só é possível continuar a fazer este trabalho graças à sua generosidade.

Se considera que a informação aqui disponibilizada tem relevância para si e pretende fazer uma doação, por favor faça uma que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

Saiba como

Últimos Artigos

Globo
Portugal
Dinheiro
Ciência e Tecnologia
Conflitos Mundiais
Big Brother
Tirania
Fenómenos
Pub

Deutsche Bank negoceia perdão até 50% da dívida grega

ArtigoComentários (0)

O presidente do Deutsche Bank, Josef Ackermann, está a participar nas negociações para o perdão até 50% da dívida grega, de acordo com o diário alemão "Bild", citado pela EFE.

Segundo o jornal, que cita fontes não identificadas do governo alemão, a banca privada está disponível para aceitar um perdão até esse limite máximo, faltando apurar se a decisão pode ser fechada até ao final da semana.

Os países da zona euro pretendem ter pronto um pacote de soluções contra a crise das dívidas soberanas antes do Conselho Europeu do próximo dia 23 em Bruxelas, indicou no sábado o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, à saída da reunião do G20 em Paris.

Os meios de comunicação alemães têm nos últimos dias vindo a admitir como facto irreversível a reestruturação da dívida grega, e um perdão consequente, que estimam entre os 50 e os 60% da dívida. A decisão terá um forte impacto nos credores e na situação dos bancos privados expostos à dívida pública grega.

Ackermann, que é também presidente da Associação Internacional da Banca (IIF), pronunciou-se na última quinta-feira contra a proposta defendida pelo presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, de recapitalização da banca europeia, considerando-a contraproducente, com o argumento de que seria um sinal claro de que se prepara a reestruturação da dívida grega.

Rótulos deste artigo

Reportar Erro

Caso tenha detectado algum tipo erro por favor descreva-o.