Planeta Terra Versão 2.0

Existem apenas dois erros que se podem cometer ao percorrer o caminho da verdade: não ir até ao fim, e não começar.

Gautama Buddha (563/ 623 a.C. ~ 483/ 543 a.C)

Pub

Doações

Saldo Acumulado: 0 EUR

Só é possível continuar a fazer este trabalho graças à sua generosidade.

Se considera que a informação aqui disponibilizada tem relevância para si e pretende fazer uma doação, por favor faça uma que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

Saiba como

Últimos Artigos

Globo
Portugal
Dinheiro
Ciência e Tecnologia
Conflitos Mundiais
Big Brother
Tirania
Fenómenos
Pub

Citigroup paga 285 milhões de dólares para encerrar queixa da SEC

ArtigoComentários (0)
Vikram Pandit é o actual CEO do Citigroup

O banco norte-americano aceitou pagar 285 milhões de dólares num processo em que a Securities and Exchange Commission o acusava de ter induzido investidores em erro, num negócio de mil milhões de dólares.

O Citigroup vai pagar 285 milhões de dólares (207,5 milhões de euros) numa operação com obrigações com garantias, no valor de mil milhões de dólares e associadas ao mercado imobiliário norte-americano, segundo a Bloomberg que cita a SEC.

A instituição, hoje, liderada por Vikram Pandit (na foto) acedeu devolver 160 milhões de dólares aos investidores, mais 30 milhões em compensação por juros e 95 milhões de dólares de penalização. O montante que totaliza 285 milhões de dolares será entregue aos investidores.

O banco terá servido de contraparte num negócio de obrigações em que terá escolhido não cobrir o risco da posição em que servia como contraparte. Isto significa que, na prática, o banco assumiu uma posição simétrica àquela que foi adoptada pelos clientes na operação, apostando contra eles. A SEC acusa o banco de ter induzido os seus clientes em erro.

Reportar Erro

Caso tenha detectado algum tipo erro por favor descreva-o.