Planeta Terra Versão 2.0

A sociedade só começará a mostrar sinais de sanidade no dia em que as pessoas começarem a celebrar o facto de alguém ter ficado desempregado.

Christophe Charneca

Pub

Doações

Saldo Acumulado: 0 EUR

Só é possível continuar a fazer este trabalho graças à sua generosidade.

Se considera que a informação aqui disponibilizada tem relevância para si e pretende fazer uma doação, por favor faça uma que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

Saiba como

Últimos Artigos

Globo
Portugal
Dinheiro
Ciência e Tecnologia
Conflitos Mundiais
Big Brother
Tirania
Fenómenos
Pub

Teerão em guerra contra espiões israelitas

ArtigoComentários (0)

O Irão avisa os países vizinhos para não ajudarem Israel, um dia depois do governo anunciar o desmantelamento de uma rede de espionagem ligada ao serviços secretos israelitas.

As autoridades iranianas afirmam que a “rede de espiões” ligada ao Mossad é responsável pelo assassinato do cientista nuclear Masoud Ali-Mohammadi, vítima de um atentado à bomba na Universidade de Teerão, em Janeiro de 2010.

“Nossos vizinhos e os países da região que têm relações com o regime sionista deveriam saber que qualquer assistência dada a esse regime será vista como uma ameaça ao Irão”, disse o ministro da Inteligência, Heidar Moslehi.

O regime tinha atribuído a morte de Ali-Mohammadi aos EUA e a Israel, acusação que Washington qualificou de “absurda”. Outro cientista nuclear iraniano foi morto em 29 de novembro.

Israel tem relações diplomáticas com vários países do Médio Oriente, como Egito, Jordânia e Turquia, mas diversos outros governos de nações árabes e muçulmanas rejeitam contatos com o Estado judeu.

Fonte: euronews

Reportar Erro

Caso tenha detectado algum tipo erro por favor descreva-o.